Voltar para o topo

Pensamento do dia:

Não se deveria julgar um homem sem antes andar por duas semanas por suas pegadas.

Provérbio Sioux

A expressão do silêncio

Arquivado em poesias | 1.712 visitas | Tags: ,

O que o silêncio traz escondido
sob sua túnica misteriosa?
Será de sabedoria sublime,
ou de ignorância rampante?

Existe silêncio no instante que precede o grito
mas também no sorriso que só faz perdoar;
No valor do que não se reconhece
no medo do que se desconhece
na fúria que queima só com o olhar…

O silêncio pode ser filho da pressa
ou de uma lentidão torpemente absurda;
Pode ser a resposta de um profundo sentir
ou a perplexidade do que é impossível explicar…

Pode ter som,
pode ter cheiro,
pode ser prece…
Ou canção
que secretamente se pronuncia…

A única certeza do silêncio,
é que ele, como a morte,
iguala todas as possibilidades
– sublimes ou medíocres –
e as entrega de volta ao interlocutor
sussurrando suavemente em seu ouvido
o que ele gostaria de acreditar…

 

Autor: Roger Alves

Deixe um comentário





Bem vindo, visitante!

Cadastre-se em nosso site e tenha acesso a:

  • Área restrita com conteúdos exclusivos
  • Novidades no seu e-mail
  • Descontos e promoções em cursos


Mapa do Site

Fale Conosco

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Mensagem